• O Que Nós Fazemos

    Nesta seção mostramos as atividades da Campanha Nacional que foram noticiadas pelos canais de Mídia

    Campanha Despejo Zero cobra de candidatos compromisso com direito à moradia

    https://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2020/10/campanha-despejo-zero-pandemia-familias-ameacadas/

    Dados sobre o drama das remoções forçadas, entre março e agosto, leva a Campanha Despejo Zero a cobrar dos candidatos às câmaras e prefeituras compromisso em defesa do direito à moradia no campo e na cidade

    Movimentos lançam Campanha Despejo Zero por proteção à moradia durante a pandemia

    https://www.brasildefato.com.br/2020/07/23/movimentos-lancam-campanha-despejo-zero-por-protecao-a-moradia-em-meio-a-pandemia

    Mais de 40 organizações sociais e movimentos populares lançaram nesta quinta-feira (23) a 'Campanha Despejo Zero – Pela Vida no Campo e na Cidade', em reação à continuidade de retirada de famílias de seus lares durante a pandemia do coronavírus.

    CRP SP apoia a campanha “Despejo Zero”

    https://crpsp.org/noticia/view/2636/crp-sp-apoia-a-campanha-despejo-zero

    Publicado em: 5 de novembro de 2020
     

    A campanha “Despejo Zero” é uma iniciativa que reúne dezenas de organizações sociais, movimentos populares rurais - como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) -, movimentos urbanos e a Central de Movimentos Populares (CMP).

    Como morrem os pobres: coronavírus afeta populações de forma desigual e perversa

    https://www.cartacapital.com.br/blogs/br-cidades/como-morrem-os-pobres-coronavirus-afeta-populacoes-de-forma-desigual-e-perversa/

    Diversos estudos têm apontado a disparidade do impacto da pandemia, que tem afetado algumas populações de forma desigual e perversa. Ainda que homens e mulheres sejam infectados na mesma proporção e que a taxa de sobrevivência delas seja expressivamente mais alta, a sobreposição gênero, raça e classe, somada à distribuição geográfica e à condição de habitabilidade, revela o aprofundamento, na crise do coronavírus, de camadas de vulnerabilidade a que uma grande parcela das mulheres já está submetida.

     

     

    http://www.justificando.com/2020/07/08/aquaprivatizacao-na-pandemia/

    Alteração do marco legal do saneamento força a privatização, ameaçando direitos à água ao saneamento e à vida no pico da pandemia da Covid-19 no Brasil e na contramão das experiências internacionais.

    Remoção de casas com base no “poder de polícia” é ilegal

    https://www.cartacapital.com.br/blogs/br-cidades/remocao-de-casas-com-base-no-poder-de-policia-e-ilegal/

    A chegada da pandemia não foi suficiente para evitar que a prefeitura de SP realizasse a demolição das casas sem ordem judicial

    O Brasil urbano e a crise sanitária: reflexões e doze tópicos em debate para cidades mais saudáveis durante e pós Covid – 19

    https://jornalggn.com.br/artigos/o-brasil-urbano-e-a-crise-sanitaria-reflexoes-e-doze-topicos-em-debate-para-cidades-mais-saudaveis-durante-e-pos-covid-19/

    A complexidade dos nossos territórios é tamanha que as primeiras orientações básicas oriundas da OMS e demais autoridades de saúde encontraram a realidade de um país em que há mais de 6 milhões de famílias sem moradia digna

    http://www.justificando.com/2020/06/12/a-tutela-do-direito-a-cidade-em-tempos-de-covid-19/

    A pandemia causada pela COVID-19 chega ao sul global tendo o Brasil como porta de entrada. A doença não encontrou na Europa e na América do Norte tipologias arquitetônicas e urbanísticas como as favelas brasileiras, que há décadas são produzidas informalmente pela população de baixa renda e incorporadas à paisagem urbana do país, em uma naturalização perversa do descaso com o direito à cidade de milhões de famílias. Em pouco tempo, a doença avançou nas periferias de São Paulo e do Rio de Janeiro, vitimando nesses territórios um número assustador de pessoas. Dados de 21/05/2020 davam conta de que só as mortes contabilizadas nas favelas do Rio já somavam um número de óbitos superior ao de 15 estados brasileiros.

    O estado veste o traje da morte: a reintegração de posse e a pandemia

    https://www.cartacapital.com.br/blogs/br-cidades/o-estado-veste-o-traje-da-morte-a-reintegracao-de-posse-e-a-pandemia/

    A negação de direitos é a faceta mais visível do processo de criminalização da população sem-teto e sem-terra no Brasil

    Como ficam as “cidades inteligentes” após a pandemia de covid-19?

    https://www.cartacapital.com.br/blogs/br-cidades/como-ficam-as-cidades-inteligentes-apos-a-pandemia-de-covid-19/

    É hora de superarmos o modelo de desenvolvimento urbano e socioeconômico hegemônico nos últimos 250 anos

    A geografia da desigualdade digital escancarada pela pandemia

    https://www.cartacapital.com.br/blogs/br-cidades/a-geografia-da-desigualdade-digital-escancarada-pela-pandemia/

    Para sair realmente do ‘efeito bolha’, é essencial que reconheçamos que as desigualdades do mundo offline são reproduzidas no mundo online.